Quanto custa criar e manter um blog

É possível criar um blog de graça? Se preciso pagar, custa caro? Estas são perguntas muito comuns que chegam na minha caixa de entrada. Aliás, se você tem alguma dúvida sobre blogs e sites, pode mandar uma mensagem pra gente, que eu tento responder sempre na medida do possível. Mas, afinal, quanto custa criar e manter um blog?

A resposta é: depende e vai ser mais barato do que se imagina. 

É possível criar um blog de graça?

Sim, claro que é! Existem plataformas muito boas como o Blogger e também o WordPress.com que permitem a criação de blogs gratuitos. Tudo com o que o usuário tem que se preocupar é apenas em produzir conteúdo. Mas é bom dizer que são plataformas limitadas, que ao chegar em certo momento, talvez exista a necessidade de mais recursos. 

Ao utilizar plataformas gratuitas, você também fica sujeito aos termos do serviço, ou seja, se em um belo dia, resolverem tirar seu conteúdo do ar, eles podem. Desta forma, lá se vão meses e até anos de trabalho. Sendo assim, para quem tem a condição de pagar o básico do serviço eu sugiro iniciar nas plataformas pagas desde o início. 

Quanto custa criar e manter um blog?

Quanto custa criar e manter um blog

Quando decidimos criar um blog em uma plataforma utilizando o WordPress.org, por exemplo, que é o sistema de gestão de conteúdos mais utilizado no mundo, você vai precisar basicamente de duas coisas:

  • Um domínio
  • Um serviço de hospedagem de sites

Domínio

O domínio vai ser o “endereço” do seu site. Não vou me aprofundar nas definições de domínio pois este não é nosso objetivo aqui, mas sim, lhe mostrar os custos básicos. 

A maneira mais barata é registrar um domínio “.com.br” utilizando o Registro.BR. O valor anual é de R$40, pago em reais, inclusive através de boleto bancário. 

Mas, quem optar por registrar domínios internacionais como os “.com, .net, .org e outros” pode utilizar os serviços da Namecheap, que é uma empresa que uso há anos e recomendo. 

Existem empresas no Brasil que registram domínios internacionais? Sim, existem. Mas eu não recomendo nenhuma. Não tive boas experiências, nem conheço pessoas que tiveram boas experiências com elas. Mas, se te atender, vá em frente!

A grande desvantagem dos domínios internacionais é que eles são pagos em dólar, então o valor vai variar de acordo com o câmbio. 

Enquanto escrevo este post (Fevereiro/2022), o valor médio em reais da anuidade de um domínio internacional está em R$74 (cerca de US$14).

Custa caro criar e manter um blog?

Hospedagem

Para utilizar os serviços do WordPress.org, você vai precisar pagar por uma hospedagem de sites. Existem empresas para todos os bolsos e no início do projeto, ninguém precisa sair pagando por um servidor de última geração. 

Este é um gasto que dá para ir escalando com o tempo, conforme você cresce. 

Eu lembro que lá no início da minha vida de blogueira, peguei um servidor bem baratinho e eu não entendia nada de como manuseá-los. Mas isso foi lá em 2006, quando existiam poucas informações (principalmente em português) e tive que aprender tudo na unha. 

Hoje, com a grande quantidade de conteúdo disponível, ainda mais no YouTube, mostrando todo o passo a passo para colocar o seu site no ar, é tudo muito fácil. 

Para se ter uma ideia, em um passado muito distante, para atualizar o WordPress, era preciso enviar os arquivos manualmente para o servidor. Já hoje, tudo que se precisa é de apenas um clique, isso quando não é feita de maneira automática. 

E quanto custa uma hospedagem?

A Hostinger tem planos partindo de R$7,00 por mês, que é mais do que suficiente para quem está iniciando. Mas, basta realizar uma pesquisa que é possível encontrar uma quantidade absurda de serviços e para todos os bolsos. 

Então, basicamente para você criar um blog, terá os seguintes gastos:

  • Registro de Domínio Nacional, com extensão .BR: R$40,00 pagos uma vez por ano
  • Hospedagem do Blog: R$7,00 mensais

Gastos variáveis

Quem tem um pouco mais para investir, pode usar o valor para adquirir um template pago. Mas se não é o seu caso, não tem com o que se preocupar. É possível encontrar excelentes temas gratuitos para iniciar o seu blog. 

Já para quem quer investir em um tema pago, recomendo de olhos fechados o WolfWP

Manutenção do Blog

Uma vez criado, é hora de cuidar da manutenção do seu blog. Além da parte de criação do conteúdo, é preciso ter atenção também em outras funções.

O que é preciso fazer para criar um blog?

Produza um conteúdo de qualidade e regular para os seus leitores

Não adianta registrar um domínio, pagar uma hospedagem e achar que está tudo pronto. É preciso produzir um conteúdo de qualidade e regular dentro do seu nicho de atuação. 

Escreva posts regularmente, defina um calendário editorial, faça vídeos. Tenha foco em resolver o problema dos usuários que irão acessar o seu blog e não em escrever para robôs. 

Faça divulgação do seu conteúdo

Todo mundo escreve para ser conhecido, mas os visitantes não irão aparecer da noite para o dia. É preciso trabalhar na divulgação nas redes sociais, sites do mesmo nicho, fóruns, etc. 

Crie uma lista de email desde o início

Cadastre o email dos seus leitores desde o primeiro dia do seu blog. Serviços gratuitos como o Mailerlite podem lhe ajudar nesta tarefa. A grande vantagem de ter seus leitores cadastrados é que você pode a cada conteúdo publicado, informá-los em primeira mão. 

Mantenha plugins e temas atualizados

Fique sempre de olho se seus temas e plugins estão atualizados. Isto é fundamental para manter o seu site seguro. Outra dica é: Jamais use temas considerados premium, de fontes duvidosas. Geralmente o barato sai caro e estes temas contém códigos maliciosos que podem trazer uma enorme dor de cabeça.

Conclusão

Criar um blog, não custa muito caro no início. Mesmo assim, mesmo o fato de não ter estes recursos, não o impede de ao menos iniciar com ferramentas gratuitas. Elas não são recomendadas para quem quer levar o negócio a sério, mas se não existe outra alternativa, o feito é sempre melhor que o perfeito. Não dá para esperar ter o que há de melhor para começar. 

O mais importante é: comece com o que tem. 

Já para manter o blog, vai depender 100% de você. Leve o negócio a sério desde o início. Encare como um compromisso, como um projeto de vida. Ele pode não ter um custo fixo alto, mas vai ter o custo do seu tempo, que vale muito. Portanto, use-o bem e da melhor forma  para alcançar os seus objetivos.